Recursos para trabalhar literatura infantil nas aulas de PLE e de PLH

Separamos uma lista de blogs, canais no YouTube, Instagram e sites que se dedicam à literatura infantil e que podem ser ótimas fontes de materiais para você usar em suas aulas de português para crianças. Tem até sugestão de acervo de livros digitais gratuitos. Aproveitem!

Image for post
Image for post

Leia para uma criança

Distribuindo livros gratuitos e incentivando a leitura na primeira infância há anos no Brasil, o programa Leia para uma Criança, realizado pelo Itaú Unibanco e pelo Itaú Social, tem como foco o potencial da leitura como agente transformador dos indivíduos, famílias e da sociedade. Além da distribuição anual de livros reais, o site da iniciativa (euleioparaumacriança.com.br) oferece um acervo de livros digitais infantis também gratuitos. Dentre os títulos, estão “Malala, a menina que queria ir para a escola”, de Adriana Carranca, “Pode ser”, de Adriana Falcão, “Azizi, o menino viajante, de Conceição Evaristo, “O sétimo gato”, de Luís Fernando Veríssimo, “O menino e o foguete”, escrito por Marcelo Rubens Paiva, e “A bicicleta voadora”, de autora do cronista Antonio Prata, entre muitos outros.

A Cigarra e a Formiga

A cigarra e a formiga é um canal de conteúdo sobre literatura infantil dirigido a adultos; pais, mães, professores, professoras e outros interessados no assunto. Há quase 10 anos no ar, o blog cigarra e a formiga cresceu para outras plataformas, como Instagram e Youtube. Daisy Carias, fundadora do projeto, cria vídeos divertidos e dinâmicos nos quais compartilha dicas de livros, experiências leitoras, informações e propõe reflexões acerca da literatura infantil.

A Taba

A Taba é uma empresa especializada em curadoria de livros infantis e juvenis com foco na formação de leitores, cuja missão é aproximar adultos e crianças, por meio de experiências de leitura significativas. Objetivo geral do projeto é impactar a formação de leitores no Brasil, criando experiências de leitura significativas. Os específicos são: criar contextos para divulgação de livros de qualidade; desenvolver competências leitoras, com foco nos textos literários; ressignificar a relação de adultos e crianças com textos literários; divulgar conteúdo de qualidade, tornando-o acessível a todos interessados; promover eventos que estimulem o debate e a conversa sobre livros, leitores e leituras.

Fafá Conta

O projeto consiste em um canal de contação de histórias no YouTube para pessoas de 0 a 116 anos (se tiver alguma com mais de 116, é pra ela também), complementado por um blog, redes sociais e apresentações ao vivo de narração de histórias e mediação de leitura.

Semanalmente, o canal Fafá Conta traz histórias para serem apreciadas por toda a família, sejam elas divertidas ou que gerem reflexões sobre questões humanas. Depois de cada história contada, Fafá o autor ou autora, os ilustradores e a editora. Para ela, isso é uma forma de incentivar a leitura e ajudar pais e educadores a conhecerem e escolherem livros de qualidade. No blog e nas redes sociais da Fafá, ela também traz informações sobre livros e dicas de leituras.

Estante de Letrinhas

É o blog sobre literatura infantil e juvenil idealizado e produzido pela jornalista Bia Reis no portal do Estadão. Criado em 2012, o blog se propõe a ser um espaço de análise crítica da produção literária contemporânea, apresentar reportagens e entrevistas com autores, e noticiar tudo o que cerca o universo da chamada literatura infantil e juvenil. É, atualmente, o único blog em atividade no Brasil sobre literatura para crianças e adolescentes (LIJ) em um portal da grande imprensa. Se diferencia dos demais perfis que tratam de LIJ nas redes sociais por utilizar ferramentas do jornalismo profissional.

Kids Indoors

O Kids Indoors foi o primeiro blog materno de literatura infantojuvenil do Brasil. Começou como espaço virtual para divulgação e mediação dessa arte para tornar-se uma iniciativa multidisciplinar de estímulo à leitura, contribuindo tanto na formação de leitores quanto na formação de mediadores de leitura em inúmeros eventos presenciais, especialmente no DF e RS. Desde 2008, gera transformações e já levou informações relevantes para mais de 2 milhões de pessoas.

A Menina que indica livros

“A menina que indica livros” é um canal no YouTube da adolescente e leitora voraz Catarina Trigo, no qual ela faz uma análises e indicações de livros literários que leu e gostou. Todas as quartas, ela compartilha uma nova sugestão e se oferece para emprestar os exemplares de sua coleção aos interessados. Além das indicações pelo canal no YouTube, Catarina também realiza piqueniques literários, nos quais vários leitores se encontram para conversar sobre seus títulos preferidos e para trocar livros.

Adaptado de: Plataforma Pró-Livro

Written by

Cursos sobre metodologias e mentorias para você ser livre, independente e escolher os alunos que quer atender

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store